busca



15/01/2014

A Mineração no Brasil.

A Indústria Mineral Brasileira vem crescendo ao longo da última década. Posiciona-se, sob a sigla BRICS, como um dos principais destinos do mundo para o investimento estrangeiro direto (IED).

Segundo o Plano Nacional de Mineração 2030, o Brasil explora 55 substâncias minerais, respondendo por mais de 4% da produção global. É líder mundial na produção de Nióbio - cerca de 90% do volume comercializado no planeta. O ferro e o Manganês correspondem 20% da produção mundial.

Embora seja autossuficiente para a maior parte das substancias, o país é dependente de alguns minerais estratégicos para a economia. Como carvão mineral, enxofre, potássio e terras raras.

Em 2013, a arrecadação do CFEM (Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais) teve um aumento de 29,5% em relação ao ano de 2012.

Além de impostos (IR, ICMS, CFEM), outros benefícios são agregados ao crescimento da mineração, como, por exemplo, a geração de emprego e o desenvolvimento sustentável regional.

Com os seus 8,5 milhões de quilômetros de território terrestre, 7.500 km de litoral, o alto PIB e seu crescimento econômico, ficam evidentes os atrativos da mineração no Brasil e o porquê da sua potencialidade regional e internacional.

Apesar do expressivo potencial e de todos os benefícios gerados, ainda há pouco investimento na investigação geológica nacional.

Veja nas imagens as tabelas com mais detalhes sobre a mineração no Brasil.

Fonte: www.ibram.org.br/sites/1300/1382/00002806.pdf

 
Desenvolvido Por © 2018. PriceMaq. Todos os direitos reservados.
11 3948-4628 Estrada Sítio cachoeira, nº 18 - Parada de Taipas - SP - Brasil